você precisa ser feliz pra viver, eu não.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Escolhas

Já chovia por uns tempos. As gotas não paravam de bater na janela e no ar condicionado, não cessando então aquele barulho insuportável. Ele não tentava dormir, tentava estudar. Pegava o livro, ia pra mesa. Depois ia pra cama, tentar estudar deitado. Falhava. Não sabia como sair daquela difícil situação.

A chuva o impedia de sair.
Era obrigado a ficar em casa. Tinha que estudar, era sua obrigação. As provas estavam chegando e tinha que tirar boas notas para agradar seus pais. Era isso! Estudava para agradar os outros e não para seu próprio conhecimento. Por isso que devia se entediar tão rápido com todas aquelas letras.

Sentia-se enfastiado.
E não sabia como sair desse tédio eterno. Talvez entrasse num sono profundo, sonhasse com algo bom, com alguns dias de sol naquele calor infernal - mas que ali parecia um paraíso- e não tinha livros para estudar mas liberdade para aproveitar.
Queria ser livre. E aproveitar seu dia sem estudar!
Queria ser sábio, sem esforço.
Queria o que todos querem, mais um pouco.
Queria o que todos não querem, mas não tudo.
Queria querer as coisas certas.
E não ficar vagando em pensamentos, preso pela sua própria liberdade, por escolher o lado errado.

Faculdade

Matricule-se e ganhe tudo!
Cada dia uma oferta diferente,
mas nunca um diploma eficiente.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009