você precisa ser feliz pra viver, eu não.

domingo, 2 de dezembro de 2007

Ele entrou e sentou-se. Ela levantou-se e saiu. Ninguem falou nada, ninguem abriu a boca. Gestos ? Nenhum.
Mas ele e ela, e todos os outros prensentes, sabiam exatamente o que tinha acontecido. Tava claro demais, e ninguem teve duvida alguma.

Nenhum comentário: