você precisa ser feliz pra viver, eu não.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Letras, letras.

A trema abriu a porta, lançou o ultimo suspiro para o U, e foi embora. Esse já quase morre de saudades dela. O que será agora da linguiça, do cinquenta? Pobre U que acaba de perder a sua companheira. Logo depois chegaram as K, W e Y da sua viagem ao exterior, elas trouxeram consigo presentes para o que ficaram e vieram contando as novidades. Começaram a falar de como o C e o P ficaram revoltados com a aposentadoria compulsória nas palavras acção, baptismo, acto, e optimista entre outras do outro lado do Atlantico.

Pobres letras e acentos, que têm sindicatos fracos demais para protestar ou fazer qualquer outra reivindicação.

Nenhum comentário: