você precisa ser feliz pra viver, eu não.

domingo, 19 de novembro de 2017


já perceberam que os jogadores de hóquei no gelo continuam a brigar pelo disco mesmo estando atrás do gol? a impossibilidade, imposta pela geometria, de marcar o ponto de maneira imediata não os desanima. E brigam (como brigam) pelo disco. Tem coisas que só o frio explica.

já repararam que mesmo sendo mais difícil, as pessoas - depois da parada repentina - continuam a descer a escada rolante ainda que esteja parada? O que os move? A esperança de voltar o movimento e evitar qualquer tipo de fadiga?

não há pergunta mais covarde do que indagar sobre a sua felicidade: você é feliz? você está feliz? ninguém é feliz quando reflete sobre a sua própria felicidade.

um dia eu vi a chuva chegar até mim. Como um oásis ao contrário, chovia em todo o canto, menos em mim. Deu ainda para - os mais próximos - observarem a chuva chegar e correrem para um abrigo. Eu simplesmente deixava os pingos caírem. Por certo, eles molhavam, mas era como eu não me incomodasse com isso.

qual deve ser a sensação do mosquito num curto espaço de tempo - enquanto ele suga o seu sangue - ao passo que a mão corre para espremê-lo. Certamente, não deve sentir dor. O mais estranho - sem dúvidas - é matar um bicho e ver que, no final das contas, o que sai daquele exoesqueleto é o seu próprio sangue.

Nenhum comentário: