você precisa ser feliz pra viver, eu não.

quinta-feira, 29 de maio de 2008

Para eles

( Que também são poetas, mas não sabem)

Pegue um lápis e um papel.
Rasgue o lápis e quebre o papel.
E comece a escrever.
Sim, meu caro. Isso é possivel.

Veja os sons do rádio, desfrute do sabor da água.
Tome banho de sol em plena noite,
conte as estrelas do céu e dê nomes a elas.

Torça pro time adversário, ande descalço pela calçada.
Faça tudo ao contrário.
Cante para o surdo, dance para o cego e abrace o insensível.
Pule na cama, pise em ovos, brinque com o fogo e tenha pelo menos um amigo invisível.

Se queime, pois você vai se apagar.
Relaxe, um dia tudo vai passar.
Cante uma música que você não goste. Presenteie alguém que você não suporte.
Não tem graça em agradar quem a gente ama.
Não há merito em agradar quem a gente ama.
É obrigação!

Cumpra ordens, desobeça as regras.
Faça favores. Não tenha pressa.
Deslize.
Sinta o vento. Sinta o sol.
Viva cada momento.

Nada pára. Tudo fica num eterno movimento.