você precisa ser feliz pra viver, eu não.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Inexorável

O destino é inexoravel. Li isso uma certa vez. Mas ele seria assim tão perverso, tão implacavel ? Não sei, tenho minhas dúvidas... O homem tem uma certa inclinação para se livrar da culpa, passar a culpa à terceiros, nesse caso ao destino.

Então não adianta a vaca deixar de pastar, pular a cerca e seguir o seu rumo. O destino dela é nascer, pastar, reproduzir, pastar, morrer e nos alimentar. Doce destino de vaca. Talvez também seria um belo destino os dos cachorros. Não esses moribundos de rua, mas sim as cadelas das madames...resta só comer, receber afagos e dormir. Não adianta esse cão fugir, latir e se revoltar. Tudo vai dá no mesmo para ele.

Agora veja bem, tu que me lês. O ser humano pode sim mudar o destino. Aceita-lo causaria uma certa estagnação, e a recusa do progresso pode levar o homem a falência. Tudo o que nos acontece é o resultado dos nossos atos, nossas ações. Então se estás doente, a culpa é sua. Se passou no vestibular, a culpa é sua. Se ficou reprovado, a culpa é sua. Se está me lendo agora, a culpa é sua!

Resumindo:

-'Cada um tem o que merece!', diria o destino.
-'Cada um merece o que tem!'- diria eu.

Nenhum comentário: